CRUEL: Marido amarra, joga álcool e ameaça matar mulher queimada

A Polícia Militar prendeu no final da tarde de sexta-feira (11), o vigilante Francisco G. B. (46) acusado de espancar e ameaçar matar a própria esposa queimada. O crime aconteceu em uma residência, localizada no bairro Nacional, zona Norte de Porto Velho.

0
Segundo informações prescritas no boletim de ocorrência, o casal estava ingerindo bebida alcoólica e quando voltou para casa, o suspeito, motivado por ciúmes, passou a agredir a mulher com socos e pontapés.
Tomado pela fúria, o homem amarrou a esposa, jogou álcool no corpo dela e afirmou que ia deixá-la em cinzas. Em seguida, Francisco saiu do imóvel  dizendo que ia comprar mais um litro de álcool. Desesperada, a vítima gritou por socorro e foi ajudada por vizinhos.
Uma guarnição da PM foi ao local, realizou patrulhamento e localizou Francisco. Vários objetos da residência foram destruídos pelo vigilante.
O suspeito recebeu voz de prisão e foi levado para a Central de Flagrantes. Uma fiança de um salário mínimo foi estipulada para o homem ser colocado em liberdade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here